Aletria (sem glúten, sem lactose...)

Desde que mudei os meus hábitos alimentares, para hábitos conscientes tanto para o meu organismo como para todo um ecossistema que me rodeia, que um dos meus maiores obstáculos eram os doces (sempre fui muito gulosa). Eu sempre fui uma doceira/pasteleira dedicada, aliás todos os aniversários da família mais chegada, era eu quem fazia os bolos e mais uns docinhos extras. Para mim tudo o que fosse doces de colher, tartes ou bolos, levavam sempre farinha branca, açúcar, ovos, leite, manteiga, etc... ou seja, tudo o que eu atualmente evito. 
Comecei por comprar alguns livros com filosofias de vida e receitas mais saudáveis, que também traziam receitas doces, e fui aprendendo a fazer alterações e substituições e aos poucos vou conseguindo perceber como fazer doces sem serem ocos em calorias, isto significa, que um doce pode ser composto por ingredientes funcionais para o nosso organismo vs os doces que só têm ingredientes nocivos à saúde.

Mas...o "pior" estava para vir, os doces de natal...em novembro já estava com o pensamento a mil, e questionava-me de  como seria possível  contornar a confecção dos doces de natal???? É uma característica irrevogável que os doces de natal estão repletos de açúcar, gordura e outras coisitas mais... como é que seria possível torná-los de certa forma mais saudáveis e não completamente inúteis para o nosso corpo. Na minha cabeça os adoçantes naturais, no caso dos doces de Natal, não conseguiriam fazer o papel do açúcar, por isso comecei a pensar que se fosse para fazer algo que ninguém fosse comer, porque estava sem sabor e "deslavado", mais valia não fazer e comer o que aparecesse na mesa na noite de Natal.

Em pesquisas pela internet encontrei uma página chamada MacroBioEco, que promove Workshop de cozinha natural e saudável e ainda têm serviço de catering na zona de Albufeira, no Algarve. Os seus proprietários, Sandra e Arménio fundamentam toda a dinâmica dos seus serviços nos princípios milenares da filosofia macrobiótica e da tradição oriental. Se quiserem conhecer um pouco mais do seu trabalho visitem a página de facebook ou site, basta clicarem aqui.



Foi através da MacroBioEco que fiz um workshop de sobremesas e doces de Natal, que me esclareceu e me provou que os adoçantes naturais, no caso a geleia de arroz, podem sim substituir o açúcar nos doces de Natal e ficarem igualmente docinhos e simultâneamente mais saudáveis do que os tradicionais.


Aletria
(receita MacroBioEco adaptada)

150gr de noodles de arroz sem glúten
700ml de leite vegetal (arroz ou aveia)
1 pau de canela
2 casquinhas de limão (sem a parte branca)
5 a 6 colheres de sopa de geleia de arroz (as quantidades podem ser alteradas consoante o gosto de cada um)
1/2 colh.café de açafrão em pó
1 colh.sobremesa de amido de milho sem glúten
canela q.b.


Preparação

1. Colocar num tacho o leite, com o pau de canela e a casca de limão. Deixar estar em lume brando até levantar fervura.

2. Depois de levantar fervura acrescentar os noodles de arroz e deixar cozinhar mais uns 10/15 min. (ir mexendo com um garfo para separar os noodles), a meio destes 10/15min. numa tigela à parte colocar o amido com um pouco de leite vegetal frio, para dissolver, depois de dissolvido misturar nos noodles. Caso seja necessário, durante este passo diminua o lume.

3. Por fim acrescentar a geleia de arroz e o açafrão, envolver bem com o garfo e deixar mais 5 min. 

4. Colocar numa travessa e polvilhar com canela.




0 comments